Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

Frente Comum em defesa dos direitos na aposentação e na reforma

 

O Governo, apoiado no FMI, propõe ainda mais cortes, designadamente:
- Corte de 20% em todas as pensões da Caixa Geral de Aposentações, além das novas formas de cálculo para os pensionistas;
- Corte dos subsídios de Natal e de férias e um corte adicional em todas as pensões acima de um determinado valor, ainda não especificado.
- A proibição expressa da reforma antes dos 65 anos.

Apenas a luta dos trabalhadores poderá travar esta ofensiva e defender o direito à Segurança Social universal e solidária e o direito a pensões de reforma e aposentação que garantam uma vida com dignidade.

 

(Ver texto integral)

Share