Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

O conjunto de medidas, onde se inclui o corte do valor das pensões é inaceitável porque, contrariamente ao que o Governo afirma, representam um roubo de dinheiro que os
trabalhadores descontaram ao longo das suas vidas, para terem direito a uma pensão digna; é socialmente injusto porque o Governo continua a favorecer e a enriquecer descaradamente o grande capital, nomeadamente a banca, com as benesses fiscais que lhe atribui e os juros que lhe paga.

(Ver Nota à Comunicação Social)

Share