Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

O recente anúncio do encerramento de dezenas de repartições de finanças émais uma peça do “puzzle” que o governo PSD/CDS, invocando as exigências do FMI/BCE/UE, está a desenvolver para pôr em causa o direito à estabilidade de emprego e ao salário dos trabalhadores da Autoridade Tributária e Aduaneira, prejudicando gravemente as populações, designadamente as do interior do País.

 

(Ver Comunicado)

Share