Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas
cartazscml  

A  Mesa ao mesmo tempo que anuncia que teve 5,8 milhões de euros de lucro em 2015, mantém congelados os salários, desde 2009, define regras próprias para a progressão de alguns trabalhadores  -  prejudicando todos.Quer mais poder,  acabar com as regras e disposições do Acordo de Empresa, desregular os horários de trabalho, manter os problemas de precariedade e de falta de pessoal existentes.

É tempo de dizer basta, é tempo de exigir uma mudança de politica que valorize os trabalhadores da SCML.

(Ver comunicado)

(Ver Aviso Prévio)

Share