Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

Da reunião de dia 23 de maio, com a Secretária de Estado da Justiça (SEJ) resultou quase em nada.
Das notas negativas que apresentámos ao projeto em negociação, não se verificou vontade política para dar resposta às maiores expectativas dos trabalhadores.

- Não integração dos Assistentes Técnicos em funções no DIC e nos balcões do IRN nas Lojas do Cidadão;
- Perda de especialização;
- Sistema remuneratório: anexos / tabelas inexistentes;
- Normas de transição: oficiais de registos transitam todos para a base da carreira, sem diferenciação;
- Normas de promoção: 10 anos de tempo de serviço com pelo menos 2 relevantes;
- Mobilidade: contraria o disposto na LTFP / abre possibilidade dos oficiais de registos assistentes ficarem em mobilidade na categoria de especialista, sem abertura de concursos.

(ver comunicado) 

 

Share