Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

Em causa está a discussão do processo de revisão das carreiras do registo e do notariado, não revistas nos termos da Lei nº12-A/2008, de 27 de Fevereiro.

Neste processo está incluída a justa reivindicação da integração dos trabalhadores do Departamento de Identificação Civil (DIC), nas carreiras dos registos e do notariado - que se arrasta há já largos anos. 

A ausência de resposta da Ministra da Justiça poderá vir a impor a necessidade dos trabalhadores se fazerem ouvir colectivamente, em acções a concretizar que levem à abertura de negociações e à satisfação das reivindicações apresentadas.

 

( Ver Comunicado)

Share