Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas
img resolucao site   

Desde 2016 que os Trabalhadores da União das Misericórdias Portuguesas e das Misericórdias não têm qualquer valorização remuneratória, tão pouco qualquer aumento salarial nas Tabelas Remuneratórias Mínimas.

Contudo, o Governo pôs à disposição do Sector Social e Solidário, onde se incluem as Misericórdias, 1,5 mil milhões de Euros em cada ano, o que representou uma atualização anual dos valores das respetivas comparticipações em 2016 de 1,3%, em 2017 de 2,1% e, em 2018 (...)

(ver resolução)

 
   
Share