Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

No dia da Greve de trabalhadores da SCML, 17 de Abril  ficou claro o descontentamento dos trabalhadores, para com a atual Mesa por mais que esta o tente esconder.
Nesse dia o atual provedor, em declarações à agência lusa disse:
“ Há muita gente que tem remunerações baixas e são essas pessoas que quero aumentar e neste momento estou a trabalhar numa solução desse tipo.” Reconheceu uma evidência.E referiu ainda, que há um mês, março, apresentou uma proposta para atualização dos salários, com o objetivo de aumentar as pessoas que têm remunerações mais baixas e não dar aumento aos que recebem mais.
A questão afinal estava a ser estudada há um mês, e só ele sabia, e o alegado estudo não inclui todos, o que não aceitamos.

De lá para cá, nada!

(Ver comunicado)

Share