Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas
cartaz-1-maio.jpg   

Façamos deste dia uma celebração da liberdade e dos direitos conquistados, mas também um dia de luta para prosseguir a afirmação dos direitos dos trabalhadores como condição essencial para o desenvolvimento económico, social e democrático do País.

Depois do défice e do “resgate” da (troíka), agora é o Tratado Orçamental o mote para continuar a baixar salários, destruir direitos, encerrar serviços públicos, degradar a vida dos trabalhadores.
Destruir os Serviços Públicos não é o caminho, lutamos contra a municipalização/descentralização pois mais não visam do que a desresponsabilização do Estado sobre as Funções Sociais e a abertura do caminho à privatização desses Serviços.

 

Manifestação - 15h00 - Martim Moniz-Alameda (Lisboa)

Share