Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

Os concursos para assistentes operacionais agora anunciados, destinam-se somente aos poucos postos de trabalho resultantes da última alteração da portaria de rácios, ou seja; esta alteração (e contrariamente ao que o MEC pretende fazer crer) não só não responde às necessidades efectivas (quantitativas e qualitativas, faltam à volta de 6000 trabalhadores) de recursos humanos não docentes para o funcionamento das escolas, como veio ainda reduzir o número de assistentes técnicos!
É óbvio que tais concursos não passam de uma operação de maquilhagem para enganar a opinião pública, os pais e os alunos; mas não enganarão esta Federação nem os trabalhadores porque, de facto, vão continuar a manter-se questões tão graves, (e o governo sabe-o!) como: a precariedade e a sazonalidade na contratação, o recurso ilegal a Contratos Emprego Inserção, entre outras.

(Ver Comunicado)

Share