Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

Denunciámos as condições em que o ICNF, IP quer obrigar os Vigilantes da Natureza a trabalhar nas Operações de Fiscalização.

Sabendo que está a ser planeada uma Operação de Fiscalização para a Páscoa/2018, já foi enviado ofício ao Presidente do ICNF a exigir que seja reposta a legalidade, no que diz respeito às deslocação em Serviço, pagamento de ajudas de custo e pernoita em condições dignas, mandando incluir, nas verbas a despender, a antecipação do pagamento de ajudas de custo aos trabalhadores e garantir-lhes alojamento digno

Acaso o ICNF não dê resposta aos trabalhadores e dado que ainda não se sabe qual o período em que irá decorrer a Operação, foi emitido aviso prévio de greve - das 00h00 do dia 27 de março até às 24h00 do dia 05 de abril - para que possam recusar serem escalados para esta tarefa. Ninguém é obrigado a pagar para trabalhar.

A LUTA É O CAMINHO!

 

 

(Ver pré aviso de Greve);

 

(Ver oficio ao Conselho Directivo do ICN);

 

Share