Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas
 8mar  

O Dia Internacional da Mulher, está intimamente ligado à luta por melhores condições de vida e de trabalho, pela redução dos horários, pelo direito ao voto, pela igualdade e cidadania.

É inquestionável que, com o 25 de abril de 1974, alcançámos importantíssimas conquistas no domínio da liberdade, da democracia, da participação e também, da igualdade, consagradas na Constituição da República Portuguesa da qual comemoramos os 40 anos este ano.

Mas muito há ainda a fazer.

A homenagem que prestamos às operárias de Chicago que em 1857 morreram em luta pela redução do horário de trabalho, é não esquecermos que o dia 8 de Março é um dia de luta.

Pelo aumento geral dos salários, e do fim das discriminações salariais, redução do horário de trabalho, e da conciliação e valorização das profissões e carreiras, do direito à negociação e contratação colectiva, da defesa das liberdades sindicais, da melhoria das funções sociais do Estado, na educação, saúde, segurança social e no acesso à habitação e à justiça.

Share